CPOC Online

Formação


Olá malta!

Na continuação das nossas técnicas de prova, vamos hoje falar de dois conceitos bastante importantes, que ajudam muito a nossa navegação.

Mapeando - Tema 23: EM PROVA, O AIMING OFF E O PONTO DE ATAQUE

A técnica de Aiming Off vem na sequência daquilo que falámos no texto do azimute em prova. Disse-vos que quando traçavam um azimute, tinham de ter em atenção os vossos desvios e escolher uma boa referência de destino.

Esta técnica consiste em descair propositadamente para um dos lados quando fazemos o azimute, pois assim sabemos a que lado vamos parar, e temos de correr para o outro. Em certas ocasiões pode dar muito jeito, sobretudo se o terreno for pouco detalhado.

Imaginem que correm a azimute numa floresta sem grandes referências e que querem encontrar uma junção de regos de água. Há sempre o risco de desviarem por causa de arbustos e quando finalmente chegam ao rego, não sabem se a junção está para a vossa direita ou para a esquerda. Por isso, se desviarem o azimute propositadamente para a esquerda, por exemplo, quando lá chegarem sabem que têm de o seguir para a direita!

O Ponto de Ataque é uma das técnicas que mais simplificam e facilitam as provas! Um ponto de ataque é um elemento do terreno próximo ao ponto para o qual queremos ir e que seja bem visível. Muitas vezes o elemento característico onde se encontra a baliza está num sítio complicado, e se, em vez de irmos à procura dele, formos à procura de um outro mais visível, e do qual o nosso ponto esteja próximo, isto facilita-nos muitíssimo. Tanto a encontrar o ponto, como a planear a opção!

Um bom ponto de ataque faz com que o ponto mais complicado se torne fácil. Um bom ponto de ataque pode ser uma reentrância, pela qual descemos para ir dar ao ponto, ou uma pedra maior, ao lado da outra onde se encontra o ponto.

Quando falarmos com vocês sobre os percursos, em provas, ou treinos, queremos ouvir sempre "usei aquele afloramento rochoso" ou "aquele cruzamento de caminhos" como ponto de ataque.

Fiquem bem,
Alexandre Alvarez